Aquela nuvem que passa

Há pouco mais de um ano fui incentivada por uma amiga a escrever sobre minhas experiência com a NUVEM.TV. Minha maior dificuldade em escrever qualquer coisa a respeito é que até hoje não consigo falar sobre o projeto sem ser completamente arrebatada pela ideia e pela vivência. Conceitualmente, a NUVEM.TV é uma plataforma desenvolvida para crianças e adolescentes, entre 7 e 18 anos, com o objetivo de incentivar o pensamento crítico, a pesquisa e oferecer mecanismos para que eles não percam a curiosidade a respeito do mundo em que vivem. Para isso, usamos ferramentas amadoras de produção audiovisual. A ideia é bem simples: lançamos um desafio composto por uma pergunta e uma ação. Eles respondem por meio de um vídeo produzido em um celular, webcan ou máquina digital amadora e postam na plataforma. Depois votam entre si. Os mais bem classificados na opinião deles segue para um especialista convidado a participar do desafio. O especialista assite aos vídeos e complementa com algo mais. O resultado são vídeos co-produzidos por crianças e adolescentes de todo o Brasil com o aval de um especialista na área. Eles falam, criam, dão ideias e compartilham os seus saberes. Enquanto nós...bem, ouvimos e aprendemos. Ok, mas o que causa tanto arrebatamento? É o resultado! É preciso assistir aos vídeos. O que eles produzem (lembre-se que qualidade técnica não é o forte deste projeto. Afinal, conversamos com crianças e adolescentes das mais variadas regiões do Brasil que, na maioria das vezes, vem de famílias de classes C/D/E, ou seja, com equipamentos amadores de baixa qualidade técnica) não vi igual em qualquer outro projeto nem no Brasil e nem fora. É um diálogo aberto sem precedentes para este público. Desde 2009 trabalhamos no projeto. É um caminho tão longo e muito pedregoso. Nada foi fácil. Chegar as escolas. Apresentar o projeto. Conseguir adesão e, principalmente, despertar a atenção das crianças e adolescentes. Em 6 anos da NUVEM.TV temos um material riquíssimo - vídeos produzidos nas 5 regiões do Brasil-, nenhum investimento e um momento crítico. Caminhar se tornou ainda mais doloroso. A escola vive hoje uma crise de identidade. Nossa sociedade parece que perdeu o bonde da sua própria história e já não se reconhece nos avanços históricos pelos quais passou. Pedem retrocessos onde passos para trás significa o desmonte de decisões civilizatórias, de saltos antropológicos até. É nesse contexto que começarei a contar algumas das nossas histórias. Por enquanto, assista ao vídeo final do desafio O QUE VOCÊ FARIA PARA RESOLVER O PROBLEMA DA ÁGUA NO MUNDO?

#empreendimento #crianças #adolescentes #protagonismo #água #nuvem #tv #vídeo #compartilhamento

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square